] Jornal Correio Popular
Ji-Paraná(RO), 27/01/2022 - 14:31
JORNAL CORREIO POPULAR DE RONDôNIA - Fone: 69-3421-6853 - E-mail: redacao@correiopopular.com.br


ESTOQUE
Importância da doação de sangue é reforçada pela equipe Fhemeron

Data da notícia: 2022-01-12 18:36:15
Foto: Assessoria/Divulgação
Baixo estoque compromete a agilidade no atendimento aos pacientes que necessitam de transfusão

Como reflexo das férias de final de ano e a aproximação do feriado de carnaval, reabastecer o estoque de bolsas de sangue é prioridade para a Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Rondônia (Fhemeron), que reforça a importância de a população ir até os postos de coleta para fazer a doação.

De acordo com a responsável técnica da Fhemeron, Ana Carolina Gonzaga, além do período de viagens, a influenza e a Covid-19, refletiram na queda no número de doadores e consequentemente no estoque. “Precisamos que a população, aqueles que já são doadores, retornem e façam suas doações. Lembrando que homens podem doar até quatro vezes no ano, já mulheres, até três vezes. Temos necessidade de todos os tipos de sangue”.

De 1° a 10 de janeiro deste ano, foram coletadas 392 bolsas de sangue, apesar de ser um número maior, se comparado com o mesmo período do ano passado, onde foram coletadas 313 bolsas, a quantidade está bem abaixo da média diária ideal, que é de 70 bolsas de sangue. Cada bolsa possui 450 ml e pode contribuir para salvar até quatro vidas.

Vital para o tratamento médico, durante emergências de todos os tipos, o sangue seguro é universal, essencial para tratamentos e intervenções urgentes, além de apoiar procedimentos médicos e cirúrgicos complexos, tratamento de câncer e outras doenças, ajudando pacientes que sofrem de condições com risco de morte.


Um Doador

Estar em boas condições de saúde; ter entre 18 e 69 anos de idade; adolescente de 16 e 17 anos poderá doar acompanhado dos pais ou responsáveis legais; ter peso acima de 50 kg; estar alimentado, evitando alimentação gordurosa (aguardar três horas após o almoço); Ter dormido pelo menos seis horas nas últimas 24 horas; o homem pode doar até quatro vezes ao ano, em intervalos de 60 dias (dois meses); a mulher pode doar até três vezes ao ano, em intervalos de 90 dias (três meses).


Impedimentos Temporários

O doador não pode estar gripado ou com febre; grávida ou amamentando; em tratamento médico; ter ingerido bebida alcoólica no dia da doação (12 horas); tatuagem feita há menos de um ano; tratamento de acupuntura nos últimos 12 meses; endoscopia digestiva nos últimos seis meses; ter recebido transfusão de sangue e seus derivados há menos de 1 (um) ano; pessoas que contraíram Covid-19, é possível doar após 30 dias da cura e malária nos últimos 12 meses.


Fonte: João Antônio Alves - Assessoria


Compartilhe com seus amigos:
 




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.