] Jornal Correio Popular
Ji-Paraná(RO), 01/12/2021 - 05:45
JORNAL CORREIO POPULAR DE RONDôNIA - Fone: 69-3421-6853 - E-mail: redacao@correiopopular.com.br


HISTÓRIA
Primeira eleição ocorreria três anos depois da emancipação

Data da notícia: 2021-11-19 18:42:41
Foto: Assessoria/Divulgação
A primeira eleição de Ji-Paraná estava prevista para o ano de 1980, mas teve que ser adiada para 1982

Após a criação do município de Ji-Paraná, em 11 de outubro de 1977, cessaram as indicações dos administradores distritais e tiveram início as nomeações para prefeito. A primeira eleição direta foi realizada em novembro de 1982, contudo o pleito deveria ocorrer dois anos antes, em 1980.

Até a primeira eleição direta, houve quatro nomeações de quatro prefeitos pelo governo do território. Walter Bártolo, 17/11/1977 a 16/04/1978;

Nunoi Itsumi, 17/04/1978 a 03/05/1979; Assis Canuto, 04/05/1979 a 03/04/1982 e Manuel Lopes Lamego 04/04/1982 a 31/01/1983.

Assim como os eleitores se preparam para a emancipação político-administrativa de 1977, eles também contavam os dias para realizar a primeira eleição direta do município de Ji-Paraná. Mas, a expectativa da população mudou com o adiamento devido à aprovação da Emenda Constitucional nº 14.

A EC estendeu os mandatos de todos os prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e suplentes até 1983. Em Rondônia, ganharam mais dois anos no cargo os prefeitos e vereadores de Porto Velho e Guajará-Mirim, eleitos em 1976, para que o fim dos mandatos coincidisse com as eleições gerais de 1982.

Essa eleição também ficou marcada pela escolha dos primeiros deputados estaduais (constituintes), federais e senadores. Neste ano, o Estado de Rondônia não escolheu seu governador. O governador Jorge Teixeira de Oliveira permaneceu no cargo de 1979 a 1985.

Ao ser publicada em 1977, a Lei Federal nº 6448 já previa que não haveria mais de uma cidade ou vila com a mesma designação, com exceção para as capitais de estado, a exemplo de São Paulo e Rio de Janeiro. Portanto, o Distrito (vila de Rondônia) deveria mudar de nome.

A sugestão de homenagear o rio que corta o município, o Ji-paraná, partiu do ex-executor do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Assis Canuto, ao ex-governador do território federal de Rondônia, Humberto da Silva Guedes (1975-1979). Com a publicação da lei, o Gi-paraná se tornou Ji-Paraná.

Pela mesma lei, foi estabelecido que o município seria instalado com as posses de prefeito e vereadores, fato que ocorreu somente em 1º de fevereiro de 1983 com o início dos mandatos de Roberto Jotão Geraldo (prefeito) e Valdemar Camata (vice-prefeito) e 15 vereadores.

A data de 22 de novembro foi instituída como feriado municipal pela emancipação político-administrativa após a promulgação da Lei Municipal nº 093 de 1986, durante a administração de Roberto Jotão Geraldo.


Fonte: Jairo Ardull


Compartilhe com seus amigos:
 




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.