] Jornal Correio Popular
Ji-Paraná(RO), 22/09/2021 - 22:19
JORNAL CORREIO POPULAR DE RONDôNIA - Fone: 69-3421-6853 - E-mail: redacao@correiopopular.com.br


COVID-19
Covid-19: Brasil tem mais de 9,8 milhões de casos acumulados e passa de 240 mil mortes

Data da notícia: 2021-02-16 08:05:50
Foto: Andrea Rego Barros/Prefeitura de Recife
Profissional prepara amostra para realizar exame de covid-19

O balanço divulgado na segunda-feira (15) pelo Ministério da Saúde registra 32.197 novos diagnósticos de covid-19 em 24 horas. Este dado eleva para 9.866.710 o número de pessoas infectadas pela doença desde o início da pandemia no país. No domingo (14), o painel de estatísticas marcava 9.834.513 casos acumulados.

Já as mortes pelo novo coronavírus ao longo da pandemia aproximam-se e devem passar da marca de 240 mil na terça-feira de Carnaval (16). Em 24 horas, as autoridades de saúde notificaram 528 novos óbitos, totalizando 239.773. Ontem (14), o painel de informações marcava 239.245 mortes acumuladas.

O balanço apontou também 821.698 pacientes em acompanhamento e 8.805.239 que já se recuperaram da doença.

Covid-19 nos estados

Os estados com mais mortes incluem São Paulo (56.304), Rio de Janeiro (31.512), Minas Gerais (16.887), Rio Grande do Sul (11.387) e Ceará (10.836).

As unidades da Federação com menos óbitos são Acre (931), Roraima (976), Amapá (1.106), Tocantins (1.457) e Rondônia (2.533).

MÉDIA MÓVEL RECORDE

A média móvel de mortes por covid-19 no Brasil bateu um recorde e atingiu 1.101,57 óbitos no domingo (14). Antes disso, o patamar mais elevado foi registrado em 25 de julho, quando alcançou 1.096,71 mortes. Os dados são do indicador Monitora Covid-19, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

Os pesquisadores consideram o indicador da média móvel muito importante para avaliar a tendência da pandemia no país, com menor interferência das oscilações diárias. O cálculo é feito a partir do número de mortes registradas nas últimas 24 horas, somadas às que ocorreram nos seis dias anteriores. O resultado é dividido por sete.

Ainda conforme a divulgação atualizada do Monitor Covid-19, a média de 15 dias antes desse novo recorde era 1.071,43 de vítimas da doença e a de 30 dias anotada no dia 15 de janeiro ficou em 969,43 óbitos.

Já no número de casos no Brasil, o indicador mostra que a média móvel registrada ontem ficou em 44.267,57. O patamar de 15 dias antes anotado no dia 30 de janeiro era de 51.531,57, e em 30 dias de 51.803 mil.


Fonte: Wellton Máximo – Repórter da Agência Brasi


Compartilhe com seus amigos:
 




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.