] Jornal Correio Popular
Sexta-feira, 03 / 07 / 2020
JORNAL CORREIO POPULAR DE RONDôNIA - Fone: 69-3421-6853 - E-mail: redacao@correiopopular.com.br


TURISMO
Azul não tem previsão de retorno dos voos diários em Ji-Paraná

Data da notícia: 2020-06-25 17:45:43
Foto: Assessoria/Divulgação
Os voos programados para Ji-Paraná foram transferidos para o Aeroporto Internacional Jorge Teixeira em Porto Velho

Não há previsão para o retorno dos voos diários da companhia aérea Azul ao aeroporto de Ji-Paraná. Embarque e desembarque de passageiros foram suspensos no mês de março, após a decretação do estado de calamidade pública pelo governo de Rondônia, por causa da pandemia.

Passageiros que tiveram os voos cancelados, entre março e maio, foram reacomodados em aeronaves que partem do Aeroporto Internacional Jorge Teixeira, em Porto Velho. O deslocamento até o novo terminal não é custeado pela companhia aérea. O CP apurou que a diferença de valores do bilhete é creditada ao passageiro para futuras viagens.

Pesquisa entre agências de viagens revelou que o cancelamento das operações pode se estender até o fim do ano. Na agência Transcontinental, a agente de viagens, Rafaela Brito informou que não existe disponibilidade de embarque, em Ji-Paraná, para Cuiabá (MT) no mês de julho.

Segundo ela, o sistema da companhia Azul também não oferece datas na rota Ji-Paraná/Cuiabá até o fim de 2020. “Os passageiros que têm bilhetes para esse período estão sendo orientados a embarcar em Porto Velho”, afirmou a agente. As remarcações ocorrem sem a cobrança de multa.

Na agência Equatorial Viagens, a atendente Regiane Marques de Almeida afirmou que na busca ao sistema da Azul não foram encontradas ofertas de voos (saindo de Ji-Paraná) para embarque no segundo semestre de 2020 e início de 2021. A Equatorial segue com as orientações de reacomodação de passageiros e remarcação de voos.

A redução na procura por passagens aéreas não foi o único motivo para o cancelamento de voos no aeroporto de Ji-Paraná. A companhia Azul ainda exige adequações no terminal de passageiros e a instalação de uma cerca de proteção na pista para evitar a invasão de animais (pequeno e grande portes) durante pousos de decolagens.

O terminal ji-paranaense está sob a responsabilidade do Departamento Estadual de Estradas de Rodagem, Infraestrutura e Serviços Públicos (DER).


Fonte: Assessoria


Compartilhe com seus amigos:
 




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.