] Jornal Correio Popular
Quarta-feira, 08 / 07 / 2020
JORNAL CORREIO POPULAR DE RONDôNIA - Fone: 69-3421-6853 - E-mail: redacao@correiopopular.com.br


DÍVIDAS
Cruzeiro recebe ordens de pagamento de R$ 14 milhões

Data da notícia: 2020-06-23 18:28:07
Foto: Assessoria/Divulgação
Clube mineiro fica impedido de registrar novos atletas até que dívidas sejam pagas

O Cruzeiro (MG) recebeu, nesta terça-feira (23), novas ordens finais de pagamento relacionadas a processos que tramitam na comissão disciplinar da FIFA. Os valores, que superam R$ 14 milhões, são referentes aos atletas Rafael Sóbis e Pedro Rocha.

A dívida referente a Sóbis envolve a transação do atleta para o clube celeste, vindo do Tigres (MEX), em 2016. O débito cobrado pelo time mexicano é referente a dois processos e apresenta o valor superior a 2,2 milhões de dólares, aproximadamente R$ 12 milhões, já com juros e custos adicionados. A condenação final determinou que a Raposa tem até o dia 15 de julho para efetuar o pagamento.

Em relação a Pedro Rocha, o Cruzeiro terá que desembolsar cerca de 400 mil euros, mais de R$ 2,3 milhões, ao Spartak Moscou (RUS), referente à negociação envolvendo o atleta, no ano passado. O prazo estabelecido para o pagamento é até o dia 6 de agosto.

Vale ressaltar que, em ambos os casos, o clube fica impedido de registrar atletas até que as dívidas sejam pagas. O Cruzeiro destaca que, em nenhuma dessas ocorrências, a Raposa corre o risco de ser punida com perda de pontos ou muito menos rebaixamento de divisão.

Este ano, o clube já foi penalizado com a perda de 6 pontos na Série B do Campeonato Brasileiro 2020, devido ao não cumprimento da ordem de pagamento, emitida pela Fifa em março deste ano, referente à dívida do clube com o Al Wahda, do Emirados Árabes, pelo empréstimo de seis meses do volante Denilson.
O clube mineiro tinha até 18 de maio para realizar o pagamento dos 850 mil euros, cerca de R$ 5 milhões, ao time árabe.

O Cruzeiro tentou negociar, por meio do superintendente jurídico, Kris Brettas, o parcelamento e até um adiamento diretamente com o clube dos Emirados Árabes, mas não obteve êxito.

Contas penhoradas
O Cruzeiro sofreu nova penhora nas contas. Agora no valor de R$ 142 mil, que, se encontrado, deve ser depositado em conta judicial.
A decisão, publicada na sexta-feira (19) é do juiz Marcelo Paulo Salgado, da 36ª Vara Cível da Comarca de Belo Horizonte, em Execução de Título Extrajudicial, formulada pela empresa Brazil Soccer Sports Management, devido o acordo não cumprido pelo clube.

A organização pertence ao empresário Eduardo Uram. Ele cobra essa quantia em referência à comissão devida da negociação do atacante Rafael Marques, contratado pelo Cruzeiro em 2017.


Fonte: Globoesporte


Compartilhe com seus amigos:
 




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.