] Jornal Correio Popular
Quarta-feira, 03 / 03 / 2021
JORNAL CORREIO POPULAR DE RONDôNIA - Fone: 69-3421-6853 - E-mail: redacao@correiopopular.com.br


NA INTERNET
Campanha Faça Bonito continua nas redes sociais

Data da notícia: 2020-05-29 18:20:29
Foto: Assessoria/Divulgação
A coordenadora do Creas/Paefi, Glécia Ranny disse que a sociedade precisa assumir a responsabilidade de prevenir os casos de abuso sexual

Em 18 de maio, teve início, em Ji-Paraná, mais uma mobilização pelo Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, mas por causa da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) visitas, palestras e pit stops foram suspensos. As ações da campanha se concentram nas redes sociais para tentar reduzir o número de casos.

Entidades e instituições que participam da campanha “Faça Bonito” justificam a preocupação em divulgar os objetivos do movimento, por constatarem que aumentaram os casos de violência física, emocional e sexual contra crianças e adolescentes, durante os meses de isolamento social.

De acordo com a coordenadora do Centro de Referência de Assistência Social (Creas), que desenvolve o programa de Proteção e Atendimento Especializado a Famílias e Indivíduos (Paefi), Glécia Ranny Alves, se faz preciso que a sociedade assuma a responsabilidade de prevenir e enfrentar o problema da violência sexual praticada contra crianças e adolescentes.

Glécia Ranny afirmou que são frequentes os casos de crianças e adolescentes vítimas de abuso sexual entre as famílias em acompanhamento pelo Paefi (ver box abaixo). No entanto, ela admitiu que os números do Conselho Tutelar e Polícia Civil são mais preocupantes.

“O que chega até nós é somente uma parte dos casos que ocorrem na cidade de Ji-Paraná”, garantiu. No Creas, as famílias em risco social recebem das equipes apoio psicológico e jurídico. “Esse é um trabalho que realizamos o ano inteiro”, lembrou a coordenadora.

No período de restrições sociais, o Creas incluiu nas cestas de alimentos doadas, neste mês, às famílias cadastradas, material informativo para proteção de crianças e adolescentes. A iniciativa da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) mantém o foco na prevenção dos abusos.

No ano passado, foram capacitados orientadores educacionais da rede municipal de ensino sobre questões de proteção a crianças e jovens. O Creas estima que as informações tenham chegado a mais de 8 mil alunos. Em 2020, estava previsto a mesma ação na rede estadual de educação. Por causa da pandemia, a capacitação foi suspensa.


Fonte: Assessoria


Compartilhe com seus amigos:
 




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.