] Jornal Correio Popular
Sexta-feira, 26 / 02 / 2021
JORNAL CORREIO POPULAR DE RONDôNIA - Fone: 69-3421-6853 - E-mail: redacao@correiopopular.com.br


FATALIDADE
Superintendente do Banco da Amazônia morre em acidente

Data da notícia: 2020-05-25 18:09:20
Foto: Divulgação
Wilson Evaristo residia em Ji-Paraná com a família há´mais de 40 anos

Morreu, neste domingo (24), o superintendente do Banco da Amazônia em Rondônia, Wilson Evaristo, aos 63 anos. As informações sobre a morte e identidade da vítima foram confirmadas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). O Banco da Amazônia também confirmou a morte de Wilson, reiterando que foi uma “grande perda”.

Segundo a PRF, Evaristo morreu, após um acidente de moto durante a tarde. A colisão ocorreu em um curva próximo da ponte sobre o rio Madeira, em Porto Velho, na BR-319.

De acordo com o boletim de ocorrências da PRF, testemunhas informaram que um grupo de motociclistas seguia em direção a Porto Velho, quando Wilson acabou caindo da motocicleta por não conseguir completar uma manobra.

A polícia informou ainda que Wilson Evaristo chegou a ser encaminhado ao Hospital Ana Adelaide, na capital rondoniense, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

A Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Rondônia (Emater) publicou nota, lamentando a morte do superintendente regional do Banco da Amazônia.

No comunicado, a Emater cita que se junta à dor de amigos e familiares de Evaristo, que “se dedicou ao desenvolvimento da agricultura familiar”.

O Conselho Regional de Economia de Rondônia (Corecon) também se manifestou em nota, lamentando a morte de Wilson.

O órgão diz que o superintendente era um “profissional bancário que desenvolveu sua função com competência e dedicação” e que “lutava pelo desenvolvimento econômico” de Rondônia.

A Assembleia Legislativa de Rondônia (Alero) também lamentou o falecimento do superintendente do Banco da Amazônia. “Com sabedoria na condução da instituição financeira, Wilson Evaristo ajudou a construir a história do agronegócio de Rondônia, ao fomentar a aquisição de ferramentas tecnológicas para aumentar a produção e produtividade do setor, elevando o estado, a um patamar de grande produtor de grãos”, declarou a Alero, por meio de nota oficial.

Funcionário do Banco da Amazônia, há mais de 40 anos e figura de muito destaque social, Evaristo foi gerente da agência em Ji-Paraná, onde residia com seus familiares. Também gerenciou as praças de Vilhena e Boa Vista (RR). O velório foi realizado em Ji-Paraná.


Fonte: G1 Rondônia


Compartilhe com seus amigos:
 




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.