] Jornal Correio Popular


Sexta-feira, 26 / 02 / 2021
JORNAL CORREIO POPULAR DE RONDôNIA - Fone: 69-3421-6853 - E-mail: redacao@correiopopular.com.br


Educação
Rondônia busca se tornar referência no ensino integral na região Norte

Data da notícia: 2019-07-19 11:03:26
Foto: Assessoria/Divulgação
Das 10 escolas estaduais que tiveram os melhores resultados em proficiência nas provas do Enem, cinco são unidades do Programa Novo Tempo

A Secretaria de Estadual da Educação (Seduc), até o ano de 2024, tem como meta tornar o estado de Rondônia uma referência da região Norte na formação do estudante por meio do ensino integral, proporcionando formação acadêmica de excelência, competências para transitar na sociedade do século XXI e formação com foco num projeto de vida.
Em Rondônia, o Programa Escola Novo Tempo atende educandos de onze escolas e tem como proposta melhorar a qualidade do ensino nos estabelecimentos da rede pública estadual por meio da adesão ao Programa de Fomento ao Ensino Médio em Tempo Integral do Ministério da Educação (MEC).

IDEB
Com base na divulgação dos resultados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), em 2017, destaca-se que essas escolas tiveram excelente resultados, pois cinco escolas de tempo integral ficaram entre os primeiros colocados em relação as escolas públicas estaduais de ensino médio rondoniense: 1º lugar, a Escola Estadual de Ensino Médio em Tempo Integral (EEEMTI) Cândido Portinari, em Rolim de Moura, com 5,2 pontos; 2º lugar , a EEEMTI 7 de Setembro de Espigão do Oeste com 5,1 pontos; 3º lugar EEEMTI Juscelino Kubitschek de Oliveira, de Alta Floresta, com 5,0 pontos; 4º lugar, EEEMTI Heitor Villa Lobos de Ariquemes, com 4,9 pontos e em 5º lugar, a EEEMTI Alejandro Yague Mayor de Ji-Paraná com 4,8 pontos.

Indicadores
Das 10 escolas estaduais que tiveram os melhores resultados em proficiência nas provas objetivas, cinco são unidades que pertencem ao Programa, sendo elas: 2º Lugar a EEEMTI Cândido Portinari de Rolim de Moura; 3º Lugar a EEEMTI Alejandro Yague Mayor de Ji-Paraná, 5º Lugar a EEEMTI Marechal Rondon de Vilhena, 6º Lugar a EEEMTI Heitor Villa Lobos de Ariquemes; 8º Lugar a EEEMTI Juscelino K. de Oliveira de Alta Floresta.
Destaca-se também a EEEMTI Brasília de Porto Velho, que foi a 11ª colocada entre as escolas estaduais e EEEMTI Capitão Silvio de Farias de Jaru, que foi a melhor escola do município. Além disso, as demais escolas mostraram grande evolução em relação a nota do Enem 2018.
Ao todo, onze escolas participam do projeto. A Escola Estadual de Ensino Médio de Tempo Integral Simon Bolívar, de Guajará-Mirim; EEEMTI Brasília de Porto Velho; EEEMTI Heitor Villa Lobos de Ariquemes; EEEMTI Capitão Silvio de Farias de Jaru; EEEMTI Alejandro Yague Mayor, de Ji- Paraná; a EEEMTI 7 de Setembro de Espigão do Oeste; EEEMTI Josino Brito, de Cacoal; a EEEMTI Marechal Cordeiro de Farias de Pimenta Bueno; EEEMTI Juscelino Kubitschek de Oliveira de Alta Floresta; EEEMTI Candido Portinari de Rolim de Moura e a EEEMTI Marechal Rondon de Vilhena.


Fonte: Assessoria


Compartilhe com seus amigos:
 




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.