] Jornal Correio Popular


Sexta-feira, 05 / 03 / 2021
JORNAL CORREIO POPULAR DE RONDôNIA - Fone: 69-3421-6853 - E-mail: redacao@correiopopular.com.br


JI-PARANÁ
Alunos têm novas opções na merenda escolar

Data da notícia: 2018-06-07 18:38:35
Foto: 20180608-151.jpg
Os alimentos começam a ser distribuídos no mês de julho, conforme às necessidades específicas de cada escola

(Da Redação) A Prefeitura Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), investiu mais de R$ 30 mil de recursos próprios para a aquisição de alimentos para os estudantes que apresentam algum tipo de alergia ou intolerância alimentar. De acordo com a Semed, a mudança é uma inovação no atendimento e deve beneficiar a todos os oito mil alunos da rede municipal de ensino.
Com a orientação da equipe de nutricionistas da Semed, o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), tem fornecido às escolas públicas municipais alimentos orgânicos, que também estão sendo ofertados àquelas crianças que não podem consumir certos tipos de alimentos.
A Semed requisitou um levantamento das crianças atendidas pela rede municipal de ensino que têm algum tipo de necessidade especial em relação à alimentação. As escolas municipais enviaram os dados à secretaria, mediante à apresentação de laudo médico entregue pelos pais de alunos.
O levantamento indicou que cerca de cem alunos possuem alergias e intolerâncias a diversos tipos de alimentos, entre os casos mais graves, alergia a corantes e intolerância a lactose, glúten e ovos.
“Uma vez feita a identificação desta demanda, procedemos ao processo de aquisição de diversos tipos de alimentos como óleo de girassol, leite sem lactose e macarrão sem glúten, entre outros”, explicou a nutricionista Luiza Siena.
Segundo ela, ainda neste mês, os alimentos começam a ser distribuídos nas escolas de acordo com as necessidades específicas.
Os tipos de alimentos já foram adquiridos em anos anteriores pelo Município para o Centro Municipal de Atendimento Educacional Especializado (CMAEE) para Autismo.
Agora, o atendimento está sendo estendido às escolas da rede municipal parada alunos com necessidades alimentares especiais. Segundo a Semed, o município cumpre, com isso, as exigências feitas pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), do governo federal.


Orientações alimentares

A equipe de nutricionistas da Semed também faz um trabalho de orientação nas escolas, informando a forma correta da oferta dos alimentos aos alunos.
“Tem, inclusive, a questão da orientação às merendeiras sobre os riscos para os alunos com alergia ou intolerância alimentar da ingestão de alimentos ditos comuns, ou seja, os alimentos servidos normalmente aos outros alunos”, frisou a nutricionista Gisele Dias.
Sobre os alimentos orgânicos, Gisele explicou que o PAA tem adquirido alimentos para a distribuição nas escolas. Esses alimentos estão sendo fornecidos pela Associação de Mulheres Agroecológicas do Riachuelo (Amari).Com informações do Departamento de Comunicação - Decom.


Fonte: Decom


Compartilhe com seus amigos:
 




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.