] Jornal Correio Popular


Quarta-feira, 03 / 03 / 2021
JORNAL CORREIO POPULAR DE RONDôNIA - Fone: 69-3421-6853 - E-mail: redacao@correiopopular.com.br


PERÍODO DE DEFESO
Pesca fica proibida até março em todo o estado

Data da notícia: 2017-11-17 11:00:54
Foto: Assessoria/Divulgação
Em Rondônia, o período do defeso iniciou na quarta-feira (15) e vai até o dia 15 de março de 2018

Nesta quarta-feira (15), entrou em vigor o período do defeso, que proíbe a pesca profissional e amadora de qualquer espécie de peixe nos rios e afluentes que cortam o estado de Rondônia. Atividade fica proibida até o dia 15 de março de 2018.
Segundo a Divisão de Recursos Pesqueiros da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental (Sedam), o defeso acontece durante a piracema, quando os peixes nadam contra a correnteza para se reproduzir.
A gerente de Pesca, Aquicultura e Manejo de Fauna da Sedam, Marli Lustosa, falou sobre a importância da realizar o período de defeso do pescado em Rondônia.
“A importância desse período é preservar a reprodução das espécies, para que venha ter uma preservação das espécies e, consecutivamente, todos os anos termos o pescado no nosso ciclo natural”, afirmou Marli.
A pesca fica liberada para as comunidades ribeirinhas com cota mínima de cinco quilos de peixe por dia, para cada família, apenas para a subsistência, ficando proibida a comercialização dos peixes. A Sedam informou ainda que a pesca deve ser realizada com apetrechos permitidos pela legislação.
O pescador ou morador ribeirinho que depende da pesca como meio de subsistência recebe auxílio do Seguro Pescado, equivalente a um salário mínimo, pago com recursos do governo federal.
Quem desrespeitar o defeso poderá ser multado. O valor das multas varia de R$ 500 até R$ 100 mil.


Fonte: Assessoria


Compartilhe com seus amigos:
 




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.