FALE CONOSCO     |     INTRANET     |      QUEM SOMOS
 Assine a revista PONTO M  
SIGA O CP       ANUNCIE AQUI

Bom dia! Segunda-feira, 22 / 01 / 2018
SERINGUEIRAS
Recursos são bloqueados por causa de câmara

Data da notícia: 2018-01-08 12:05:40
Foto: Assessoria/Divulgação
A prefeita Leonilde Garda espera que a baixa no CADIN ocorra ainda neste mês, pela Câmara de Vereadores
Por causa de irregularidades na Câmara de Vereadores de Seringueiras, que tem como presidente o vereador Cláudio Roberto de Oliveira (PMDB), a prefeitura deixou de receber recursos federais no ano de 2017.
Segundo a administração municipal, de janeiro a outubro deste ano, quase um ano de gestão, a Casa de Leis municipal deixou de prestar as informações necessárias para a Receita Federal, com isso, gerou multa de R$ 500,00, por falta de envio de documentações, levando o cadastro da prefeitura para o CADIN (Cadastro Informativo de Créditos não Quitados do Setor Público Federal). Com a pendência, a administração municipal teve a certidão negativa bloqueada, acarretando prejuízos para o município e a população.
Sem a certidão negativa, o município fica impedido de receber transferências do governo federal ou de instituições ligadas à União, como Caixa Econômica Federal, da qual a cidade receberia recursos para obras.
A prefeita de Seringueira, Leonilde Garda (PDT), afirmou, com profundo pesar, a prefeitura sempre teve como parceira o Câmara Municipal. Segundo ela, a informação veio a público para que população saiba do fato, devido às cobranças que vêm recebendo, tanto de colaboradores, como da comunidade.
De acordo com a prefeita de Seringueiros, além dos transtornos causados, a prefeitura poderá perder recursos empenhados, além de perder novos empenhos de recursos e emendas parlamentares ou repasses do estado ou federal.
O secretário municipal de Fazenda de Seringueiras, Paulo Basílio, notificou o presidente da câmara, vereador Cláudio Roberto, para que providenciasse, com urgência, a regularização da pendência do Poder Legislativo.
O secretário também explicou que a expectativa é resolver o problema o quanto antes, para que o município não tenha os recursos federais e estaduais cancelados. “Nós não podemos ficar sem os recursos da Caixa Econômica Federal e as transferências voluntárias”, ressaltou.
Leonilde Garda espera que a pendência no CADIN seja regularizada, o mais rápido possível, para que o município não seja penalizado por irregularidades da Câmara de Vereadores.


Fonte: Assessoria


Compartilhe com seus amigos:





www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.