FALE CONOSCO     |     INTRANET     |      QUEM SOMOS
 Assine a revista PONTO M  
SIGA O CP       ANUNCIE AQUI

Bom dia! Terça-feira, 12 / 12 / 2017
FEIRA
Rondoleite consolida fórum estadual de discussão do leite

Data da notícia: 2017-11-21 11:08:28
Foto: Divulgação
Produtores rurais recebem informações nas estações tecnológicas durante a feira em Ji-Paraná
A 1ª Feira do Agronegócio do Leite (Rondoleite), realizada no Centro Tecnológico Vandeck Rack, em Ji-Paraná, nos dias 16 e 17, foi uma uma oportunidade para alavancar a cadeia produtiva do leite na opinião da maioria dos participantes Na discussão de benefícios para fomento do setor e ampliação da produção leiteira, estimada em 2,2 milhões de litros diários, coloca o estado no topo da produção na região Norte.
Para o secretário estadual de Agricultura, Evandro Padovani, a Rondoleite superou todas as expectativas possíveis de público, de negócios e deu oportunidade para as indústrias estarem mais próximas dos produtores. Ele aproveitou para agradecer a todas as empresas, órgãos e colaboradores que se juntaram para tornar a feira possível.
Nos dois dias de feira, a Rondoleite reuniu produtores familiares e industriais, técnicos da extensão rural, pesquisadores, empresários pecuaristas, empresas de equipamentos, alimentos, sementes, veículos e tratores, bem como todos os órgãos de fomento, pesquisa e extensão, na troca de informações e experiências, além de bancos e cooperativas de crédito com linhas disponíveis e condições compatíveis para a aquisição de equipamentos e animais de genética melhorada. Cerca de cinco mil pessoas prestigiaram a feira, com a participação de 55 empresas expositoras.
A utilização da tecnologia em favor do aumento da produtividade leiteira foi exemplificada pelo governador Confúcio Moura ao falar na abertura da feira sobre a utilização atual de um aparelho celular que pode fazer operações como movimentação de contas bancárias, transmissão de dados, encaminhamentos de documentos, entre outras operações complexas, diferentemente da sua utilização anterior, que era só um aparelho para se fazer ligações telefônicas.
“Assim, pode ser hoje uma vaca leiteira que pode produzir tanto quatro litros de leite diários, como, se receber cuidados diferenciados na alimentação e na sanidade, bem como se for de uma raça geneticamente melhorada, poderá produzir muito mais e ultrapassar os vinte a trinta litros”, garantiu.
“É isso que estamos fazendo aqui neste centro tecnológico que reúne a maioria dos produtores e empresários do setor, os técnicos e pesquisadores que produzem conhecimento, para que possamos atingir essas tecnologias e melhorar nossa produção leiteira que se deriva em uma infinidade de produtos”, afirmou o governador.
Com coordenação e organização da Secretaria de Estado da Agricultura, por meio do Fundo de Investimento do Programa de Desenvolvimento da Pecuária Leiteira do Estado de Rondônia (Fundo Proleite), a Rondoleite reuniu parceiros como a Empresa Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-RO); Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Delegacia Federal do Ministério da Agricultura (MAPA), Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-RO); OCB-Sescoop; Agência de Defesa Sanitária (Idaron); Superintendência de Desenvolvimento do Estado de Rondônia (Suder); Banco do Brasil; Banco da Amazônia; Banco do Povo; Sebrae e empresas do ramo veterinário, que promoveram oficinas técnicas e palestras para um público estimado em quatro mil pessoas durante os dois dias.


Fonte: Assessoria


Compartilhe com seus amigos:





www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.