FALE CONOSCO     |     INTRANET     |      QUEM SOMOS
 Assine a revista PONTO M  
SIGA O CP       ANUNCIE AQUI

Boa noite! Quarta-feira, 22 / 11 / 2017
CHOCANTE
Crianças são encontradas vivas enterradas até o pescoço

Data da notícia: 2017-11-01 11:36:45
Foto: Alerta Rolim
A Polícia Militar esteve no local em que as crianças foram encontradas para iniciar as investigações
Mais um crime chocante aconteceu nas primeiras horas de domingo (29), em uma propriedade rural, na Linha 180, no município de Rolim de Moura. Duas irmãs, com 5 e 7 anos, foram encontradas por um sitiante enterradas até o pescoço na parte rasa de uma represa e com os corpos parcialmente queimados.
De acordo com a Polícia Militar, como de costume, o proprietário de um sítio foi até a represa e notou que havia algo estranho na parte rasa. Ao se aproximar, avistou duas crianças enterradas até o pescoço, quase se afogando. Ele retirou as meninas da represa e percebeu que os corpos estavam parcialmente queimados. O agricultor também constatou diversos cortes nas cabeças das vítimas.
Antes de ser socorrida, uma das meninas falou para o sitiante que o agressor era o próprio pai.
Na estrada, próximo à represa, os policiais encontraram um veículo de cor branca, com as portas destrancadas. Dentro do carro, que pertence ao pai das crianças, foram encontrados uma carteira com documentos pessoais e uma camiseta, provavelmente de uma das garotas.
Os PM’s realizaram diversas buscas nas imediações, mas nenhum suspeito foi localizado. A mãe da menina, que não morava com o suspeito, também estava desaparecida.
As duas crianças moravam com a mãe na cidade de Santa Luzia e estão internadas na UTI, em estado gravíssimo.

Polícia encontra corpo da mãe
O corpo de S.A., 26 anos, mãe das crianças, foi localizado na tarde de segunda-feira (30), pela Polícia Civil numa casa ao lado da própria residência, na rua Rui Barbosa, centro da cidade de Santa Luzia do Oeste.
O corpo de S.A. foi encontrado em cima de um colchão e apresentava hematomas no pescoço, sinais possivelmente de que ela tenha sido morta por asfixia.
Ainda segundo informações, o imóvel onde a vítima foi encontrada possui vários equipamentos de sonorização, que pertencem ao principal suspeito, um homem de 44 anos que, segundo testemunhas, mantinha um relacionamento amoroso com a vítima.


Fonte: Comando190


Compartilhe com seus amigos:





www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.