FALE CONOSCO     |     INTRANET     |      QUEM SOMOS
 Assine a revista PONTO M  
SIGA O CP       ANUNCIE AQUI

Bom dia! Sexta-feira, 22 / 09 / 2017
AEDES AEGYPTI
Governo declara fim de emergncia nacional pelo vrus Zika

Data da notícia: 2017-05-12 09:36:49
Foto:
O Ministrio da Sade declarou na quinta-feira(11) o fim da emergncia nacional decretada em novembro de 2015 devido ao vrus Zika e sua associao com microcefalia e consequncias neurolgicas. Segundo a Pasta, o Brasil no preenche mais os requisitos exigidos para manter o estado de emergncia, segundo os critrios da Organizao Mundial da Sade (OMS). Ou seja, os casos no so mais incomuns ou inesperados.

J h conhecimento cientfico suficiente, disse o secretrio de Vigilncia em Sade, Adeilson Loureiro. A prpria mobilizao do ponto de vista de pesquisa, de insumos e de recursos foi suficiente. Os estudos continuam, e vamos prosseguir na rotina de combate s arboviroses, afirmou.

A deciso ocorre 18 meses depois da decretao de emergncia, segundo o ministrio, em um momento de queda nos casos de Zika e microcefalia em todo o pas. At 15 de abril deste ano, foram registrados 7.911 casos de Zika, uma reduo de 95,3% em relao 2016, quando ocorreram 170.535 notificaes.

Segundo o ministrio, os dados de microcefalia tm apresentado reduo importante no nmero de casos novos notificados a cada semana, desde maio de 2016. Os casos novos mensais tm se mantido em 2%, desde janeiro deste ano; no pico dos casos de microcefalia, em dezembro de 2015, foi registrado aumento de 135% nas notificaes.

Do ponto de vista prtico, no tem nenhuma mudana na assistncia, na vigilncia ou no diagnstico, disse Loureiro, reforando que a retirada da emergncia no enfraquece as polticas pblicas que foram implantadas no perodo.

Os critrios internacionais de avaliao de risco para decretar e manter o estado de emergncia so: o impacto do evento sobre a sade pblica; se o evento incomum ou inesperado; se h risco significativo de propagao internacional; e se h risco significativo de restries ao comrcio ou viagens internacionais.

Para o ministrio, o conjunto de aes voltadas para a eliminao dos mosquito Aedes aegypti contribuiu para a diminuio dos casos. Alm disso, h uma maior proteo pessoal da populao, escassez de chuvas em determinadas regies do pas e a imunizao natural que as pessoas adquirem ao ter alguma das doenas em anos anteriores.

O ltimo boletim epidemiolgico, de 1 de janeiro a 15 de abril deste ano, aponta reduo de 90,3% dos casos de dengue; 95,3% de zika; e 68,1% de chikungunya em relao ao mesmo perodo de 2016.

Em 2017, foram confirmados 230 casos de microcefalia ligados a outras alteraes do sistema nervoso, sugestivos de infeco congnita. Permanecem em investigao pelo Ministrio da Sade e pelos estados, 2.837 casos suspeitos em todo o pas. No total, 3.651 casos foram notificados neste ano.

Desde o incio das investigaes, em novembro de 2015, foram notificados ao Ministrio da Sade 13.490 casos, com 2.653 confirmaes. Outros 5.712 casos foram descartados e 105 foram considerados provveis. H ainda 1.784 casos excludos do sistema por no atenderem as definies de caso vigentes.


Fonte: Andreia Verdlio Agncia Brasil


Compartilhe com seus amigos:





www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.