FALE CONOSCO     |     INTRANET     |      QUEM SOMOS
 Conheça a revista PONTO M  
SIGA O CP       ANUNCIE AQUI

Bom dia! Segunda-feira, 26 / 06 / 2017
VISITA TÉCNICA
Comitiva inicia inspeção de carne em frigoríficos

Data da notícia: 2017-04-05 10:43:03
Foto: Dhiony Costa e Silva/Divulgação
Inspeção aos frigoríficos tem o objetivo de certificar a qualidade da carne do estado
(Da Redação) A Superintendência Federal de Agricultura em Rondônia (SFA-RO), ligada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), iniciará na próxima quinta-feira (6) visita técnica a dois frigoríficos exportadores de carne do Estado de Rondônia.

O trabalho será acompanhado pela Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri), Federação das Indústrias do Estado de Rondônia (Fiero), Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado de Rondônia (Idaron) e a Federação da Agricultura e Pecuária de Rondônia (Faperon).

Trata-se de uma sequência de visitas a dois municípios do estado, abrangendo as principais unidades processadoras de carne, com o objetivo de mostrar para a sociedade que em Rondônia a carne é de qualidade.

A primeira visita técnica será em Rolim de Moura, às 9 horas, no Frigorífico Minerva, localizado na rodovia RO-010, km 14,5, sentido Pimenta Bueno. Na sexta-feira (7), em Vilhena, também às 9h, a visita será ao Frigorífico JBS (Friboi), localizado na rodovia BR-364, bairro Distrito Industrial.

Para o secretário Evandro Padovania, a visita técnica é importante para Rondônia, que exporta mais de 70% da carne produzida. “Infelizmente, com os acontecimentos em nível nacional com a operação “Carne Fraca”, tivemos uma redução na comercialização da nossa carne”, disse Padovani.

Segundo ele, a visita técnica deve mostrar à sociedade a eficiência das plantas frigoríficas instaladas e a garantia da sanidade bovina.

O titular da SFA-RO, Valterlins Calaça, afirmou que a proposta das visitas é apresentar para o mundo que a carne produzida, processada e comercializada em Rondônia passa por um rigoroso sistema de inspeção e certificação, a partir da criação do boi, ao pasto, abate nos frigoríficos, até a comercialização.

“O efeito desse trabalho é que a sociedade poderá ter certeza que o produto que encontra nas gôndolas dos supermercados, açougues ou lojas especializadas com a marca do Selo de Inspeção Federal (S.I.F.) tem origem, qualidade e é supervisionado e fiscalizado pelo Ministério da Agricultura”, explicou Calaça.

Padovani ressaltou que a carne de Rondônia é uma das melhores do Brasil. Prova disso, são os protocolos rígidos nacionais e internacionais que o estado cumpre nas exportações da cadeia produtiva da carne bovina a mais de 30 países.

Abertura da Exportação
A notícia da reabertura das importações da carne do Brasil por Hong Kong chegou em boa hora para o estado, pois os pecuaristas já estavam apreensivos com a redução do preço da arroba nos últimos dias.

Eduardo Aiello Sartor (Dudu), pecuarista do município de Chupinguaia, explicou que a abertura é positiva ao estado pela importância do mercado asiático. “Essa foi a maior das conquistas do nosso mercado.

Além de um dos maiores importadores da carne rondoniense, Hong Kong é hoje o que mais importa os miúdos de boi do estado, mercado muito importante para a cadeia e de extrema importância para agregar valor ao nosso produto”, assegurou.

A reabertura foi possível após teleconferência entre técnicos do Mapa e autoridades de governo de Hong Kong para esclarecer dúvidas que ainda existiam a respeito da Operação Carne Fraca.


Fonte: Assessoria


Compartilhe esta notícia com seus amigos:





www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.