FALE CONOSCO     |     INTRANET     |      QUEM SOMOS
 Conheça a revista PONTO M  
SIGA O CP       ANUNCIE AQUI

Bom dia! Domingo, 28 / 05 / 2017
REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA
Confúcio garante duplicação de riqueza de Rondônia

Data da notícia: 2017-01-06 19:00:20
Foto: Esio Mendes/Divulgação
Cerca de 100 mil pequenas e médias propriedades rurais estão documentadas
(Da Redação) O governador Confúcio Moura disse que o estado de Rondônia duplicará sua riqueza em cinco anos no momento em que regularizar totalmente as pequenas e médias propriedades rurais.

Ele anunciou que irá articular alterações na Medida Provisória 756, de 23 de dezembro de 2016, que dispõe sobre regularização fundiária e urbana em todo o Brasil, para que o trabalho do programa federal Terra Legal tenha mais agilidade.

?Não fiquei muito satisfeito com a MP. Por isso, vou trabalhar com alguns ajustes no Congresso Nacional. Neste mês, pretendo ter uma audiência com o presidente do Senado, Renan Calheiros, para pedir que escolha um relator da MP sensível às alterações. Com a mudança, vamos, com absoluta certeza, dar um salto incrível no estado, nos próximos dois anos?, assegurou.

Confúcio Moura participou do ato de hasteamento da bandeira do estado, na manhã dessa quarta-feira (4), quando Rondônia completou 35 anos de instalação como estado

O governador ressaltou que existem impedimentos na regularização fundiária que passam por conflitos entre o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e o Terra Legal.

?Queremos facilitar o trabalho do Terra Legal. Têm impedimentos na regularização, que são as chamadas cláusulas resolutivas envolvendo documentos antigos que o Incra expedia. Eliminando essas cláusulas, com certeza a regularização fluirá mais, iremos reduzir as ações judiciais, as quais serão devolvidas para área administrativa. Aí vamos resolver muita coisa?, afirmou.

Confúcio lembrou como um componente diferenciado e que ?nenhum outro estado brasileiro tem? a existência de cerca de 100 mil pequenas e médias propriedades rurais, que amplamente documentadas favorecem os indicadores sociais e econômicos de Rondônia.

?Vamos reduzir o crime, a violência rural, os conflitos agrários e aumentar a riqueza, o patrimônio, o recurso de captação nos bancos e aumentar a produção?, avaliou, acrescentando que a agricultura familiar deve ser estimulada porque é fonte de produção de alimentos no dia a dia e geradora de emprego para muitas pessoas.


Fonte: Mara Paraguassu ? Assessoria.


Compartilhe esta notícia com seus amigos:





www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.